Trending This Week:

ads

24 de jul de 2011

“Amy Winehouse, uma nota perfeita sobre um arranjo incontrolável”


Autentica, ousada, irreverente, eis verdades sobre uma das vozes mais marcantes deste século. Amy Winehouse, a menina que decidiu misturar ritmos e apostar no diferente, literalmente.

Não me foge a memoria aquela jovem que dominava o palco da sua própria maneira sem se importar com as palavras que dizia.

Amy pareceu perder para se próprio.

A música foi capaz de lhe dar quase tudo, menos a chance de escolher a vida, pelo menos não no mundo em que vivia, o que definitivamente não era nada “animador” para ela.

Julgar é muito fácil, mas compreender a proximidade das paredes e a luz do quarto se apagando lentamente, ninguém foi capaz. E então restava se apegar ao que parecia o único “socorro”, pura solidão. A luz só diminuía, mais e mais e tudo ficava escuro.

O mundo da música se calou de repente quando perdemos, ontem, uma nota única e perfeita. Não se sabe por quanto tempo o silêncio vai persistir, mas até lá, a melodia será em ritmo lento e em tons lamentáveis, infelizmente.

Autor: Antonielson Sousa
-
Postado também no HUMOR ASSIMÉTRICO 
 -

Disqus Shortname

Comments system