Trending This Week:

ads

22 de jan de 2011

Morrendo ou sonhando

Imagem

Deixa-me encostar em você, por favor. Sinta-me, estou morrendo.

Minha vida volúvel está interrompida. Como um ato suicida eu me torno insolente com a estrada.

Ainda bem que você está aqui. Porque não sei como seria se não estivesse.

É tão bom sentir seus dedos roçarem minha cabeça, deslizarem pelo meu pescoço e descerem em minhas costas.

Mas continuou sem entender. Esses ruídos imaturos e a seriedade galanteadora me agitam.

Perco a noção do tempo, como se ele fosse você. Perco-a também. Acho que me perdi primeiro.

A dor é como uma cicatriz que volta a ser ferida insuportável. Não entende: eu corro e corro sem sair do lugar em que estou.

Aperte-me um pouco mais e me torne mais vivo, porque estou morrendo.

Crônica escrita por Antonielson Sousa

Disqus Shortname

Comments system